Colesterol

Colesterol:
A  relação entre colesterol e doenças cardíacas é conhecida, mas você sabia que a maior parte do colesterol contido no sangue é fabricado no fígado a partir de gorduras saturadas?
Alimentos que produzem colesterol:
Entre os alimentos naturalmente ricos em colesterol encontram-se os ovos, fígado, rins e mariscos. Contudo, as principais fontes de colesterol são realmente os alimentos ricos em gorduras saturadas, por exemplo, creme, manteiga, queijos duros e carnes gordas, como porco, cordeiro e boi. O organismo transforma esses alimentos em colesterol no fígado.
A s células de todo o corpo usam o colesterol para produzir diversos hormônios importantes, necessários ao crescimento e reprodução. Durante a formação de novas células em diferentes partes do corpo, o colesterol é usado como componente vital da parede da célula. É também um ingrediente essencial dos sais biliares produzidos no fígado, que são, mais tarde, passados aos intestinos para ajudar na digestão de gorduras.
 
Um excesso de colesterol:
Praticamente todo o colesterol que chega á corrente sanguínea é, na verdade, fabricado no fígado, a partir do metabolismo de uma grande variedade de alimentos, principalmente gorduras saturadas, uma vez que as necessidades diárias de colesterol para a função das células são totalmente supridas pelo colesterol fabricado no fígado, o organismo não precisa do colesterol contido na alimentação. Apenas uma pequena quantidade é absorvida diretamente  dos alimentos ricos em colesterol, como ovos e mariscos.
 
Níveis críticos:
O colesterol é levado para todo o organismo pela corrente sanguínea, de onde as células retiram todo o colesterol de que precisam. O que não é usado permanece na corrente sanguínea e pode atingir níveis excessivamente altos.
Está provado que as pessoas com alto níveis de colesterol correm risco muito maior de sofrer ataques cardíacos, de angina, derrames e problemas circulatórios. O excesso de colesterol adere ás paredes da artérias formando depósito de gordura que obstruem o fluxo normal do sangue para órgãos como o coração e o cérebro.
Muitas pessoas diminuem os níveis de colesterol mudando a dieta alimentar. Não basta ingerir menos alimentos ricos em colesterol, que têm pouco efeito sobre o nível sanguíneo. É preciso comer menos alimentos ricos em gorduras principalmente saturada.
 
Gordura: A grande Culpada
Apenas três por cento do colesterol do sangue vêm diretamente dos alimentos a maior parte é produzida pelo próprio fígado, partir de alimentos ricos em gorduras saturadas.
Fonte: guia da vida saudável

Vídeo sobre Colesterol:






Compartilhe esse post com seus amigos

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...