Como alimentar crianças

Quando o bebê tiver mais ou menos seis meses, comece a dar-lhe três a quatro colheres de sopa de comida temperada. Só dê mais se ele quiser. No final, ofereça duas colheres de pudim. Se o bebê continuar a ganhar peso, não se preocupe se de vez em quanto ele comer pouco.
Quando a criança estiver comendo a mesma comida que os outros da família, sirva pratos variados durante a semana. Nunca force seu filho a comer nada de que ele não goste ou comer tudo que há no prato.
 
Alimentos saudáveis para as crianças:
-proporcione a seu filho uma dieta variada com muitos alimentos frescos.
-evite alimentos industrializados, ricos em gorduras e açúcar.
-sirva lanches saudáveis entre as refeições e não doce e biscoitos.
-se você der doces a seu filho, prefira os que podem ser comido rapidamente e ofereça-os ao final das refeições.
-ás refeições, sirva sucos de frutas diluídos ou água, em vez de sucos concentrados.
-dê a seu filho leite ou água entre as refeições e não bebidas adoçadas, que provocam a cárie dentária.
Como evitar problemas na hora das refeições:
O segredo para evitar problemas na hora das refeições é tentar manter-se descontraída e paciente.
Permitir que a criança coma junto com os adultos desde cedo é importante para ensinar hábitos sociais. Se seu filho considera as refeições uma experiência estimulante e divertida, é muito provável que no futuro não apresente problemas de alimentação.
 
Se você gastar um longo tempo preparando uma refeição para seu filho e ele a recusar, provavelmente ficará aborrecida. Prepare refeições simples e não force a criança a comer uma determinada comida. Da próxima vez, tente algo diferente. O segredo de uma dieta saudável é a variedade, frutas frescas e legumes, leite, pão e cereais que fornecem todos os nutrientes necessários. Nunca tente forçar a criança a comer mais do que ela quer. As crianças que têm um desenvolvimento normal comem suficiente. Recompensar a criança porque comeu algo que ela não gosta é contra producente, pois pode pode torná-la relutante em experimentar novos alimentos.
Como ensinar a criança a usar a colher:
Estimule seu filho a usar assim que ele quiser, mesmo se ele demorar muito mais para comer e fizer uma tremenda sujeira. Você pode continuar a dar-lhe colheradas de comida, enquanto ele brinca ou segura outra colher.
Lanches:
As crianças queimam muitas calorias, pois estão constantemente em atividade e sempre procuram alguma coisa para comer entre as refeições. É melhor servir lanches nutritivos, como tirinhas de cenoura, frutas ou passas, em vez de soverte, biscoitos e doces, que contêm muito açúcar.
 
Cuidado!
Nunca dê a uma criança nozes, castanhas ou amendoins. As crianças podem engasgar facilmente com pequenos pedaços ou, até, aspirá-los pelo nariz, o que pode causar um grave tipo de pneumonia.
 
Os doze primeiros meses:
Comece a oferecer alimentos sólidos entre os quatro e seis meses. Experimente um novo alimento por vez e espere 24 horas para observar a reação da criança. Se tiver diarréia, enjôo ou urticária, evite o alimento durante alguns meses. É normal encontrar uma pequena quantidade de alimento não digerido na fralda. Junte aos alimentos amassados ou moídos um pouco de água fervida, leite do peito, leite em pó diluído ou o líquido do cozimento. Não acrescente sal, açúcar ou temperos a gosto suave não desagradará seu bebê.
 
4 a 6 meses:
alimentos amassados ou passados na peneira são ótimos. Lave e descasque frutas e legumes, retire sementes e fiapos, fervente ou cozinhe no vapor.
 
6 a 8 meses:
introduza alimentos moídos ou esmagados, com a textura aproximada da ricota. Retire toda a pele e a gordura visível de peixes ou carnes, grelha ou fervente e em seguida moa. Ferva os ovos durante pelo menos sete minutos e esmague-os. Comece a dar alimentos para comer com as mãos.
 
8 a 10 meses:
introduza textura mais firmes. Dê alimentos picados, em vez de moídos ou esmagados. Dê pedacinhos de carne cozida. Alimentos para comer com a mão, como maçã e pêssego, desenvolvem a habilidade da criança. Alimentos duros, como a cenoura, são bons para a dentição.
 
10 a 12 meses:
a criança agora come quase de todos os alimentos, picados conforme necessário. Retire a pele dos tomates, não ponha sal ou temperos na comida. Ofereça novos alimentos, um de cada vez assim, seu filho experimentará novos sabores e texturas.
Fonte: guia da vida saudável

Vídeo sobre Alimentação para Crianças:
Compartilhe esse post com seus amigos

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...