Mitos e Realidade

Existem muitos mitos populares e conceitos errôneos sobre a influência de diversos alimentos na saúde e bem-estar, muitos deles contraditórios. Assim, não é de surpreender que muitas pessoas fiquem em dúvida sobre quais alimentos são bons. Aprender sobre alimentação, nutrição e dietas ajudará a separar os fatos da ficção.
A seguir, mencionamos alguns mitos a respeito de alimentos. Muitos podem ser explicados pelo desejo de descobrir curas milagrosas para males comuns ou para justificar o consumo de certos alimentos porque "fazem bem".


Ostras são afrodisíacas?
Não está cientificamente provado que exista substâncias que aumentam o desejo ou melhore o desempenho sexual. Mas várias substâncias, como o gengibre, ginseg e outras ostras passaram a ser conhecidas como afrodisíacas. O efeito é devido mais o poder de sugestão do que a qualquer propriedade desses alimentos. Se a pessoa acredita que comer ostras vai melhorar seu desempenho sexual, isso pode acontecer.


Cenouras ajudam a melhorar a visão, principalmente no escuro?
Se a pessoa tem uma dieta balanceada, comer mais cenouras não vai fazer diferença na maneira como enxerga no escuro. Esse mito existe porque a cegueira noturna é uma das complicações resultantes de deficiência de vitamina A e a cenoura é uma boa fonte dessa vitamina. As pessoas com hipovitaminose A podem se beneficiar se comerem muita cenoura.


Comer peixe torna a pessoa mais inteligente?
Embora o peixe seja conhecido como um alimento altamente nutritivo, rico em proteínas, vitaminas e sais minerais e pobre em gorduras saturadas, não melhora o funcionamento do cérebo mais que qualquer outra fonte de proteínas. Essa crença popular pode ter-se desenvolvido como estratégia dos pais para persuadir seus filhos a ingerir peixes porque eles são nutritivos.


É verdade realmente que uma maçã por dia mantém a saúde perfeita?
A maçã, assim como todas as frutas frescas, é importante, pois fornece fibras, vitaminas e sais minerais, sem excesso de calorias. Uma maçã contém fibras, vitamina C e pequenas quantidades de ferro, vitamina B e ácido nicotínico. Fornece cerca de 40 calorias, dependendo do tamanho. Antigamente, uma maçã por dia teria ajudado a prevenir o escorbuto, doença então comum por deficiência de vitamina C. Comer uma maçã por dia, contudo, não garante uma vida isenta de tratamento médico!


O açúcar mascavo é melhor que o branco?
O açúcar mascavo não é tão refinado como o branco, contendo quantidades mínimas de fibras, vitaminas e sais minerais, que são perdidos durante o processamento  do açúcar branco. O açúcar mascavo, no entanto, como o essencial em uma dieta saudável. Outros produtos não refinados também são mais saudáveis. O arroz integral e o pão integral fornecem muito mais nutrientes e fibras do que o pão branco e o arroz beneficiado.


O espinafre torna as pessoas fortes:
O espinafre é uma boa fonte de vitaminas A e C, ferro e cálcio, mas não é mais nutritivo do que outras verduras. O mito decorre do desejo dos pais de fazer as crianças comerem verduras. Desenhos animados, mostrando o herói Popeye, musculoso marinheiro, tornando-se mais forte após ingerir o conteúdo de uma lata de espinafre, ajudaram a alimentar o mito.


"Beliscar" entre as refeições é prejudicial?
Não há mal em comer alguma coisa entre as refeições, desde que você escolha alimentos saudáveis. O problema é ingerir, sem horário e sem controle da quantidade, batatas fritas, salgadinhos em pacote, chocolates, balas e sorvetes, que são ricos em calorias e geralmente contêm muita gordura, açúcar e sal. É muito melhor comer uma fruta fresca ou um legume cru. Além de satisfazerem, fornecem vitaminas  essenciais, minerais, fibras e poucas calorias.
Fonte: guia da vida saudável

Compartilhe esse post com seus amigos

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...