Depressão Infantil

As crianças também podem sofrer de depressão, ao contrário do que muita gente pensa. Os pais devem ficar bastante atentos ás mudanças no comportamento dos pequenos.

Cerca de 5% do total de crianças e adolescentes do mundo sofrem de depressão, de acordo com a Academia Americana de Psiquiatria Infanto-Juvenil. Entre os sintomas que merecem atenção dos pais são: agressividade, isolamento, falta de vontade, desatenção e pessimismo (conheça outros sinais no final do post). Ainda que os mais comuns sejam os que aparentemente deixam as crianças apáticas, o mais importante é que os pais estejam atentos, explica Dirce Perissinotti, psicóloga do Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do Hospital 9 de Julho. "Dependendo do tipo de depressão, ela pode se tornar mais agitada ou mais introspectiva. O mais importante é estar atento ás mudanças bruscas. Se ela era mais calma e se tornou mais agitada ou o inverso", firma.

De forma geral, os sintomas da depressão infantil são semelhantes aos dos adultos. "Apesar disso, as crianças não apresentam exatamente os mesmos sinais que os mais velhos por ainda não terem a personalidade totalmente desenvolvida", aponta Genário Alves Barbosa, psiquiatra especializado em crianças e professor da Unversidade Federal da Paraíba (UFPB).

Muitas vezes os pais entendem que comportamentos não adequados dos pequenos são "só coisa de criança", sem importância. Na verdade, a principal diferença entre uma criança depressiva e outra que apenas passa por um momento de crise é a intensidade, além da frequência dos indícios. "A tristeza por si é um sentimento natural, mas associada a outros sintomas e trazendo um prejuízo no funcionamento diário da criança, pode caraterizar a depressão", destaca a psicóloga e psicoterapeuta Miriam Cruvinel, especialista em terapia cognitiva.

O fator predominante para que uma criança venha a desenvolver depressão é o genético, segundo a psicóloga Dirce. "Quando maior a propensão genética, mais fácil de a criança ficar doente, principalmente quando é aliada a fatores externos", diz. A mudança de casa, de escola, de cidade, a separação dos pais, a perda de um ente querido ou qualquer outra situação de estresse são os principais condutores no aparecimento da depressão.

O papel da escola é fundamental para ajudar os pais a identificar possíveis problemas com os pequenos. "A escola deve estar preparada para observar as crianças. Na maioria da vezes, os professores se preocupam com o conte´do e esquecem de prestar atenção devida ás relações sociais", afirma a psicanalista Elisandra.

Já na opinião da psicóloga Miriam, hoje um aumento na prevalência de casos de crianças com sintomas de depressão. "Talvez devido á mudança de estilo e qualidade de vida das crianças", diz. A estrutura familiar é muito importante para o desenvolvimento das crianças. Por isso, a presença constante dos pais na criação delas faz toda a diferença. Hoje os pais estão muito ausentes e não colocam limites. Eles deixam isso como responsabilidade da escola e a escola devolve para a família. A criança fica nesse meio e não recebe ajuda nenhuma das partes. Isso é perigoso", alerta Dirce, psicóloga do Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do Hospital 9 de Julho. "As crianças precisam de orientações e hoje elas estão sendo deixadas de lado", avalia.

FIQUE ATENTO!
A presença de alguns destes sintomas pode significar que seu filho precisa de ajuda:
  • Sentimentos de desesperança
  • Dificuldade de concentração, memória ou raciocínio
  • Angústia
  • Pessimismo
  • Agressividade
  • Falta de apetite
  • Tronco arqueado
  • Isolamento
  • Apatia
  • Insônia ou sono excessivo
  • Desatenção em tudo que tenta fazer
  • Queixas de dores
  • Baixa Autoestima
  • Ideia de suicídio ou pensamentos trágicos
  • Sensação frequente de cansaço ou perda de energia
  • Sentimentos de culpa
  • Dificuldade de se afastar da mãe
  • Baixo desempenho escolar
  • Pouca capacidade para se divertir
  • Mudança no padrão alimentar
  • Choro
  • Hiperatividade ou hipoatividade
Fonte: Folha Universal
21/08/2011
Raquel Maldanado e Talita Boros
Compartilhe esse post com seus amigos

30 comentários:

  1. A PAZ IRMA LUCIMAR! BELA POSTAGEM! INFELIZMENTE COM A EVOLUÇÃO E A TECNOLOGIA, VEM TAMBEM A COBRANÇA. AS CRIANÇAS DE HOJE SÃO SOBRECARREGADAS PELOS PRÓPRIOS PAIS PARA QUE OS SUPEREM! A CORRIDA TECNOLOGICA FAZ COM QUE SEJAM FORÇADOS A ABSORVEREM MAIS CONHECIMENTOS E PREPARAÇÃO PARA COM O FUTURO. AS BRINCADEIRAS INOCENTES FICARAM DE FORA, O COMPUTADOR OS ENCHEM DE JOGOS E OUTRAS COISAS A MAIS. QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DAS NOSSAS CRIANÇAS. FIQUE NA PAZ! ECIO

    ResponderExcluir
  2. Boa noite.

    Ótima matéria.
    Eu tive depressão várias vezes, quando criança. Naquele tempo esse termo ainda não era usado.
    A minha querida avó tinha a mania de dizer assim:
    Vá brincar, vá... Tristeza também mata!!

    Tenha um lindo fim de semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olha só que coisa boa esse texto
    tem otímas dicas que a gente nem
    sabe ,é muito bom devemos ficar bem
    atentos com as crianças..
    Adorei ..abraços com carinho Rita

    Tem sobremesa gostosa aceita um pouquinho!!!
    http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. As crianças de hoje são completamente diferntes das minha infância.. tanto de formatos como de mentes.. elas estão perdendo a pureza mais rápido.. se envolvem com coisas terríveis e o mal se aproveita para agir. em suas vidas.. lamentável mesmo.. mas é o final dos tempos não tem como fugir..

    ResponderExcluir
  5. Obrigada flor, adorei esse post, muito útil.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Que coisa né, e tem pais que nem percebem não tem tempo, afff é o fim, hoje em dia esses filhos de pais que ficam fora o dia todo, e largam os pobres em frente a tv, pc e vídeo games, é triste uma criança passar por isso, todos merecem mais atenção, excelente post.

    ResponderExcluir
  7. Lu,muito importante se todos os pais e professores pudessem ler esse artigo!Muitas crianças sofreriam menos com a depressão!Parabens pela postagem!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  8. OI Lucimar muito informativo esse seu texto, adorei a lista de sintomas, ficarei de olhos abertos.
    Amiga obrigada por vir me visitar...
    Beijos grandes e volte sempre

    ResponderExcluir
  9. Oi Lucimar...
    Muito bom este post para conscientizar os pais.. E deixar de alerta quando surgirem alguns desses sintomas... Ótima semana!
    Nyan nyan
    Nina

    ResponderExcluir
  10. realmente até porque as crianças são muito mais
    sensíveis que nós adultos e por isso todo cuidado
    é pouco!excelente post,parabéns!!

    ResponderExcluir
  11. oi amiga, q bom que gostou da lojinha, tem mais coisas ainda que preciso colocar lá, é que ainda não deu tempo...
    adorei seu blog, tem materias excelentes!
    bjsss

    ResponderExcluir
  12. Olá Lucimar
    Teu blog é muito lindo!Amei todos os assuntos tratados neste cantinho.São todos importantes!
    Um grande abraço e já estou te seguindo

    ResponderExcluir
  13. Olá Lucimar!
    Venho agradecer sua visita no meu cantinho e conhecer o seu! Achei muito bom e bem explicativo!
    Já sou seguidora tb.
    Beijos,
    Carla.

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga, obrigado pela sua visita, estou te seguindo também, aquela bolsa eu também adorei, aquele acabamento é o que da o charme a ela.bjs volte sempre.

    ResponderExcluir
  15. Por isso sempre temos que ficar ligados nos nossos filhos.
    http://maosdemocas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá querida...
    É um prazer tê-la no meu cantinho... amei conhecer seu blog, muito inspirador seus posts, já me instalei por aqui,

    Beijinhos,
    Vera

    ResponderExcluir
  17. Retriribuindo sua visita e te seguindo, seu site é ótimo, bem diferenciado. Adorei, Beijocas.

    ResponderExcluir
  18. Passei pra deixar meu bom dia
    E agradecer seu carinho de sempre
    Abraços Rita!1

    http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Ola LUcimar, você escreve artigos muito interessantes. Depressão em crianças é muito bem explicado.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  20. Oi Lucimar, eu vim retribuir o seu carinho.
    Achei superbacana o seu blog!
    Beijos e que Deus te abençoe
    Carla

    ResponderExcluir
  21. Oi Lucimar, adorei o post realmente, eu trabalho com crianças e isso é muito comum nos dias de hj principalmente por falta de tempo dos pais, inclusiva esses dias tenho achado minha filha muito apática também e identifiquei alguns desses sintomas que vc escreveu, vou dar mais atenção a isso, muito obrigada!!!!! Bjos

    ResponderExcluir
  22. temos que prestar
    muita atenção com nossos
    pequenos mesmo
    não sabia da depressão
    infantil.
    lindo final de semana
    bjs

    ResponderExcluir
  23. Oi amiguinha!
    Obrigada pelo carinho!
    Sempre tenho novidades em reciclagem!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  24. Oi amiga, espero que esteja tudo bem.

    Ótima postagem, você sabe que muitos Paes ainda acham que
    Depressão Infantil é tolice!!!

    Tenha um lindo final de semana.
    Beijos de estrelas.
    Lua.
    http://naturezadeluanegra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Meu filho teve depressão dos 7 aos 13 anos, foi muito difícil o tratamento, mas conseguimos a melhora, os pais tem que ficar atentos.

    ResponderExcluir
  26. Oi Lucimar qto tempo, hein? Te revi n blog da Sandra Mitsue.
    Esse seu post é muito esclarecedor, parabéns. A depressão em adultos é terrível, minha mãe no momento está passando por isso, qto mais em crianças .Precisa de muita paciência e amor pra lidar com o doente.Um gr beijo .

    ResponderExcluir
  27. Olá!Boa noite!
    Realmente, está difícil...comentar em alguns blogs...deve ser aquele problema coma GFC!
    Mas,vim desejar um bom final de semana e agradecer o carinho de sua visita!
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  28. Adorei o texto,obrigada pelo carinho que tem sempre em meu cantinho,tenha um ótimo final de semana super bjus
    http://blogdasonhagleide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. OLÁ, CARA LUCIMAR!! MUITO GRATA POR SE TORNAR MINHA SEGUIDORA. SEU BLOG É BEM INFORMATIVO. ISSO É MUITO IMPORTANTE. APESAR DE SERMOS DE RELIGIÕES DIFERENTES, CREIO QUE TEMOS AS MESMAS IDÉIAS EM SE TRATANDO DE TEMAS VARIADOS E É ISSO QUE NOS TORNA PESSOAS ESPECIAIS: SABER CONVIVER ACEITANDO CADA UM COMO É!! AMO ARTESANATOS, MEUS BICHOS, MEU ESPOSO E SINTO-ME MUITO FELIZ QUANDO ALGUÉM ELOGIA MEU TRABALHO. DA MESMA FORMA QUE TAMBÉM ADORO ELOGIAR O BOM TRABALHO DE MINHAS COLEGAS. CONTINUE SEMPRE ASSIM, INFORMANDO DE MANEIRA REAL, SEM APELAÇÃO, COM SERIEDADE E COM O CORAÇÃO. VOU CRIAR UM SELINHO ESPECIAL PRO SEU BLOG, PODE DEIXAR. SEREI TUA SEGUIDORA TAMBÉM (APESAR DE QUE LHE SEREI FRANCA: COSTUMO VISITAR MAIS OS BLOGS DE ARTESANATOS), MAS ISSO NÃO IMPEDE-ME DE LER AS INFORMAÇÕES IMPORTANTES QUE VOCÊ TIVER PRA FORNECER A TODAS NÓS. UM EXCELENTE DIA PRA VOCÊ E FAMÍLIA E TUDO DE BOM!! QUE DEUS CONTINUE SEMPRE ILUMINANDO NOSSOS CORAÇÕES E MENTES PARA QUE POSSAMOS DAR SEMPRE NOSSO MELHOR EM PROL DE QUEM O NECESSITE. SEJA MUITO BEM-VINDA À GAM DOLLS. UM LINDO DIA PRA VOCÊ!!!

    ResponderExcluir
  30. Muito bom este texto.Sou leitora curiosa de Psicologia. Já li vários artigos sobre depressão infantil. Devemos realmente estar atentos aos sinais. Lido muito com este tipo de problema na escola.Sou Orientadora Educacional. Bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...