Prevenção das Cáries

A cárie é um dos problemas dentários mais comuns. Qualquer pessoa cuja dieta seja típica dos padrões ocidentais, rica em açúcar, muito provavelmente terá pelo menos algumas cáries.
Em torno dos dentes e ao longo da linha das gengivas formam-se depósitos de açúcar. As  bactérias presentes na boca atuam sobre eles, liberando ácidos que corroem o esmalte dentário, causando cáries.
Em consequência da cáries, muitos adultos perderam todos os dentes. A saúde dentária das crianças melhorou nos últimos 15 anos, em decorrência da melhor higiene dentária e do uso de pastas de dentes com flúor.
Após a ingestão de doces, os dentes são atacados pelos ácidos durante uma hora. Você pode combater as cárie ingerindo doces só no horário das refeições, preferindo frutas nos intervalos e escovando os dentes após cada refeição.


A causa das cáries:
A placa dentária, uma película aderente que se forma nos dentes entre eles, é a principal causa da cárie. Consiste em partículas alimentares, muco e bactérias.
O açúcar ali presente é transformado em ácidos que, permanecendo em contato com os dentes, corroem gradualmente a superfície do esmalte, fumando cáries.
Sintomas de cárie:
- nos estágios iniciais, não há sintomas.
- dor de dentes- frequentemente causada por alimentos doces, muito quentes ou muito frios.
- gosto desagradável na boca.
- mau hálito.


Nutrientes para dentes sadios:
Para desenvolver dentes fortes e saudáveis, a dieta deve conter quantidades adequadas de seis nutrientes essenciais: cálcio, fósforo, magnésio, vitaminas C e D e flúor. Se a dieta for variada e balanceada, contendo alimentos de todos os principais grupos, inclusive pão e cereais, laticínios, frutas e legumes, feijão e outras leguminosas, os cinco primeiros nutrientes da lista serão fornecidos em quantidades mais que suficientes.


O flúor, que fortalece o esmalte dentário, tornando-o mais resistente ao ataque dos ácidos, é encontrado em frutos do mar. A quantidade de flúor na dieta varia de acordo com o nível desse elemento na água consumida e no solo em que foram cultivados os legumes. E regiões em que os níveis de flúor são baixos, pode ser necessário ministrar uma suplementação para crianças.


Crianças e bebidas doces:
Não dê nunca mamadeira com suco de frutas ou qualquer outra bebida doce a crianças pequenas como uma forma de acalmá-las. O açúcar, em contato com as gengivas e os dentes por longo tempo, pode causar problemas sérios, como as cáries da mamadeira.


Alimentos´a evitar:
Como medida de prevenção contra as cáries, deve-se limitar a ingestão diária de alimentos refinados ricos em açúcar, como doces, biscoitos, bolos, geléias e frutas ou legumes industrializados aos quais foi adicionado açúcar.


Alimentos recomendados:
Se for impossível escovar os dentes após cada refeição, coma queijo para neutralizar a formação de ácidos alimentares crocantes, como salsão e maçã, são recomendados para refrescar os dentes, mas não são muito eficazes para eliminar depósitos de açúcar.


Fluoretação da água:
Como o flúor fortalece o esmalte dentário, uma suplementação é ás vezes acrescentada é rede de água. A fluoretação foi um dos principais fatores na redução  da incidência de cáries observada nos 15 anos, especialmente em crianças.


Vídeo: Prevenção das Cáries:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...